quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Ser Transparente

Texto enviado pela internauta Denise Souza

Costumamos acreditar que ser transparente é simplesmente ser sincero, não enganar os outros.
Mas ser transparente é muito mais do que isso.
É ter coragem de se expor, de ser frágil, de chorar, de falar do que sente...
Ser transparente é desnudar a alma, é deixar cair as máscaras, baixar as armas, destruir muros...

Ser transparente é permitir que a doçura aflore, transborde...
Mas, infelizmente, a maioria decide não correr esse risco.
Preferimos a dureza da razão à leveza reveladora da fragilidade humana.
Preferimos o nó na garganta às lágrimas que brotam da alma...
Preferimos nos perder numa busca por respostas a simplesmente admitir que não sabemos nada e que temos medo!
Por mais doloroso que seja ter de construir uma máscara que nos distancia cada vez mais de quem realmente somos, preferimos assim: manter uma imagem que nos dê a sensação de proteção.

E assim, vamos nos afundando em falsas palavras, atitudes, em falsos sentimentos...
Com o passar dos anos, um vazio frio e escuro nos faz perceber que já não sabemos dar e nem pedir o que de mais precioso temos a compartilhar...
A doçura, a compreensão de que todos nós sofremos, nos sentimos sós...

Uma saudade desesperada de nós mesmos, daquilo que pulsa e grita dentro de nós, mas que não temos coragem de mostrar...
Porque aprendemos que isso é ser fraco, é ser bobo, é ser menos do que o outro!
Quando, na verdade, agir com o coração, poupa a dor...
Sugiro que deixemos explodir toda a doçura!
Que consigamos não prender o choro, não conter a gargalhada, não esconder tanto o nosso medo, não desejar parecer tão invencíveis...
Chega de tentar controlar tanto....
Responder tanto...
Competir tanto...
Tente simplesmente viver, sentir e amar.

Texto de Rosana Braga

4 comentários:

Yasmim disse...

Lindo, o seu texto descreve exatamente o que venho passando, mas ser transparente não é fácil, e estou aprendendo a lidar com o choque que isso causa nas pessoas, mas continuo acreditando que é a melhor maneira de ser, afinal tenho que ser assim pois não consigo esconder o que sinto.
Parabéns e bjs

Atotiado disse...

Parabéns, lindo e verdadeiro texto.Assim como a Yasmim, eu também estou passando por uma situação semelhante.Resolvi ser doce, dizer Eu te Amo, gosto muito de você e isso para uma pessoa que de alguma forma me tocou a alma e me encheu de inspiração.As pessoas estão tão desacostumadas com atitudes assim, que acabei sendo eliminada de um grupo (no facebook).Virei a boba da corte de uma hora para outra.Fiquei me perguntando o quê tinha feito de tão errado e cheguei a conclusão, que estava no caminho certo com companhias erradas.Precisava muito ler esse texto! Muito Obrigada e beijos Márcia Costa
Obs:Atotiado é o apelido do meu sobrinho, que usou meu acesso Google.

Luciana Vieira disse...

Olá Yasmin e Márcia, tudo bem?!
Quem será que esta melhor posicionado? Quem por não haver nenhum tipo de bloqueio nos sentimentos, tem a capacidade de transbordar amor através do olhar, das palavras, de um simples gesto...ou quem por vergonha e preocupação com o que os outros vão pensar, vão falar, fecha os sentimentos em uma concha e passa vida, tentando encontrar algo que preencha o vazio que sente e que considera "inexplicável". Sendo que o que o completaria, não precisa ser encontrado, pois faz parte dele, apenas não foi dado espaço para que ele se manifestasse: O amor!

Vocês são pessoas maravilhosas, nunca duvide disso.

Jamais deixe que pessoas, que por não se sentirem fortes o suficiente para deixarem suas máscaras de lado, sabotem a evolução de vocês!

Um super beijo,

Fabrícia Melo disse...

Oi Luciana, mais uma vez venho beber na sua fonte, que é maravilhosa.
Parabéns por mais este belo texto.
Muito me tocou o que escrevestes. Já perdi a conta das vezes que fui chamada de boba, infantil e coisas assim. Mas, também, há muito escolhi que o caminho da sinceridade era o caminho que queria trilhar, sem nenhum medo de ser feliz! Palavras como a sua me fortalecem e me lembram que estou no caminho que me faz feliz. Grata,